PT EN

Maria Cristina Lopes (1969) formou-se em design de moda pelo CITEX, em 1992, sendo logo premiada nos concursos Sangue Novo, promovido pela ModaLisboa (1992, 1993). Em 1993, cria a marca Maria Gambina e passa a colaborar com inúmeras marcas, empresas e instituições. Desde 1994, dedica-se também ao ensino de design de moda, primeiro no CITEX e no CENATEX, depois na Escola de Moda do Porto e na ESAD de Matosinhos, sendo professora de várias gerações de designers. Muitas vezes premiada, Gambina destaca-se também no desenho e conceção de uniformes e fardas.
O conjunto de vestuário e acessórios que integram a “Coleção Maria Gambina”, resultante do protocolo de doação assinado entre o MUDE e Maria Gambina, mostram a evolução do trabalho desta designer desde 1992/93 até à atualidade. As roupas e acessórios que integram esta coleção evidenciam os sinais da sua identidade e marca: o gosto pela linguagem gráfica; a interpretação de referências ao desporto e ao streetwear; o humor e a alegria; uma gramática jovem e descontraída em peças versáteis e reversíveis; as fortes influências do universo musical; a utilização inusitada de materiais e técnicas manuais; a desconstrução de detalhes construtivos.