PT EN

Lixo ou Luxo?

21 Jan. 2021 > 02 Abr. 2021

(datas sujeitas a confirmação)

Local: Palácio dos Condes da Calheta, Jardim-Museu Agrícola Tropical (Belém)

Rua General João de Almeida N 15, 1300-266 Lisboa

Parceria Universidade de Lisboa – Museu Nacional de História Natural e da Ciência (MUHNAC)

Curadoria:

Bárbara Coutinho

 

O MUDE, no âmbito da programação Lisboa Capital Verde 2020, organiza uma exposição e um conjunto de iniciativas para escolas e públicos em geral, como visitas guiadas, debates, ateliês e instalações, de modo a promover a participação e o contributo de todos sobre a utilidade dos objetos, o valor que lhe atribuímos, o seu consumo e ciclo de vida. Lixo ou Luxo? reacende o questionamento que tem sido fio de condutor da estratégia de programação do MUDE desde 2009 ao interpelar os criativos e os públicos sobre o papel do design na sociedade de consumo e o seu real contributo enquanto catalisador de mudança, com vista à construção de um mundo cada vez mais global, humanista e sustentável.

Phillipe Starck e/and Thim Thom Team, Televisão / Television Zeo, 1994
Coleção Francisco Capelo. MUDE.P.0461
Lixo ou Luxo?

José Aurélio Joalharia

25 Jul. 2021 > 26 Set. 2021

(datas a confirmar)

A obra escultórica de José Aurélio é de grande relevo e longevidade, assumindo particular destaque no espaço público. Em paralelo, a sua obra de joalharia, foi desenvolvida em estreita afinidade com o seu restante trabalho, como manifestação das suas relações e memórias de amor e até como reflexo do seu posicionamento político.
José Aurélio iniciou as suas primeiras experiências na joalharia no Estúdio SECLA, nas Caldas da Rainha, a partir de 1958. A joalharia passou a ser uma constante na sua vida até à atualidade, numa produção de mais de 60 anos. Projetadas nos mais diversos materiais (cerâmica esmaltada e vidrada, ouro, prata, chumbo, plástico, coral, elementos preexistentes), as suas peças distinguem-se pela sua expressividade e simbolismo.

 







José Aurélio
Sem título, 1958
Colar, chumbo.
Fotografia Eduardo Sousa Ribeiro
Cortesia Cristina Filipe
José Aurélio Joalharia

MUDE nas Escolas de Design

15 Set. 2021 > 15 Set. 2022
 
Disponível a partir do segundo semestre de 2021
 
O MUDE propõe abrir algumas das caixas da “Coleção Carlos Rocha”, depositada no museu em 2018, em Instituições nacionais de ensino politécnico e superior de design. Em parceria com a instituição de ensino, é organizada uma exposição temporária de forma a divulgar a “Coleção Carlos Rocha” junto da Academia e das comunidades locais. 
A “Coleção Carlos Rocha”, constituída pelos núcleos “Carlos Rocha” (1943-2016), “José Rocha” (1907-1982) e “Carlos Rocha Pereira” (1912-1992), abrange 100 anos da história do design gráfico, da publicidade e do marketing em Portugal, sendo um espólio de singular riqueza para o conhecimento da cultura visual. Com esta iniciativa, o MUDE pretende dar a conhecer o trabalho de levantamento, investigação e estudo desta coleção, realizado pelo museu desde 2015, e mostrar a influência da publicidade na construção identitária de Portugal do século XX, através de produtos e marcas que marcaram a vida quotidiana desde 1920.
 
Carlos Rocha Pereira para a LETRA
Embalagens para óleo alimentar
Desenhos sobre papel
1970's
Coleção Carlos Rocha
MUDE nas Escolas de Design

Cultura de Moda ou Moda como Cultura Portugal 1960-2020

23 Set. 2021 > 25 Fev. 2022

(datas a confirmar)

Casa do Design - Matosinhos

Curadoria:
Bárbara Coutinho

 

O MUDE e a Casa do Design de Matosinhos, em parceria, apresentam nesta exposição uma retrospectiva da moda em Portugal, desde 1960 até à atualidade. A exposição evidencia a influência  da moda como expressão disruptiva que antecipa mudanças nas mentalidades, atitudes, gostos e hábitos, provocando mudanças socioculturais e alterando a imagem no mundo do espetáculo e do entretenimento, em especial na televisão, na música e na publicidade. A exposição pretende mostrar a forma como o património, a cultura, as tradições e a história de Portugal têm sido reinterpretados pelos designers, destacando ainda projetos especulativos e experimentais que contribuíram para o questionamento dos limites disciplinares da moda. Identifica-se também o contributo de estilistas e designers para a afirmação da cultura de moda em Portugal, alguns estilos que marcaram os últimos sessenta anos e a maneira como a indústria da moda foi sendo configurada, colocando em debate os desafios que se apresentam na criação de um sistema de moda mais responsável e sustentável.

Anúncio / Advertising Ana Salazar, com fotografia de / with photography by Inês Gonçalves
Coleção Verão / Collection Summer 1988
Cultura de Moda ou Moda como Cultura Portugal 1960-2020

“O mundo vai continuar a não ser como era!” - Design gráfico e publicidade em Portugal

27 Jan. 2022 > 29 Abr. 2022

(data a confirmar)

Curadoria:
Gonçalo Falcão
 

A exposição coloca em diálogo o design gráfico, a publicidade, a propaganda e o marketing, mostrando os diferentes contextos socioeconómicos, políticos e culturais. Ao mostrar o trabalho da ETP – Estúdio Técnico de Publicidade de José Rocha (1907-1982), de Carlos Rocha Pereira (1912-1992), da Agência Marca e da LETRA Design de Carlos Rocha (1943-2016), a exposição evidencia o seu papel pioneiro para a afirmação do design gráfico, da comunicação de Estado e da publicidade comercial e industrial em Portugal. Evidenciando os vários sectores de produção para quem estes designers conceberam marcas, imagens e publicidade, a exposição centra-se na história de Portugal, no design gráfico e no consumo. A energia, a banca e os seguros, os transportes e as telecomunicações, os combustíveis e a eletricidade, o turismo, a industria farmacêutica, a área alimentar, o comércio e a distribuição, a beleza e os cuidados pessoais, o vinho e o tabaco, os jogos e o lazer são os núcleos destacados, tendo como pano de fundo o quotidiano em Portugal durante o século XX.

Carlos Rocha
Embalagem-oferta da Agência publicitária LETRA
Prova fotográfica sobre embalagem de cartão
1972
Coleção Carlos Rocha
“O mundo vai continuar a não ser como era!” - Design gráfico e publicidade em Portugal